De que forma a sua escola pode oferecer o ensino bilíngue aos alunos?

De que forma a sua escola pode oferecer o ensino bilíngue aos alunos?

Muitas escolas têm percebido a necessidade de complementar a formação de seus alunos dando a eles a oportunidade de se tornarem fluentes em inglês através da realização de atividades e programas bilíngues. A dúvida, muitas vezes, é em como oferecer o ensino bilíngue de forma integrada ao projeto pedagógico da escola e contextualizada com os conteúdos que o aluno está estudando na sua grade regular de aulas.

O ensino bilíngue, quando tem uma proposta interdisciplinar, tem o potencial de propiciar uma melhor participação dos alunos e, com isso, obter melhores resultados. Se o objetivo do ensino bilíngue é a fluência do aluno na língua inglesa, o caminho para conquista-la é envolvê-lo em desafios e momentos lúdicos em que ele possa se comunicar utilizando o inglês.

A escola pode oferecer o ensino bilíngue tanto para os alunos da Educação Infantil quanto para os do Ensino Fundamental I, do 1º ao 5º ano. O material didático bilíngue da YouZ propõe 200 horas de atividades bilíngues anuais, ou seja, a escola pode colocar na grade curricular aulas bilíngues diárias, todos os dias da semana ou distribuir essa carga horária em 3 ou 4 vezes semanais.
 

Qual a diferença entre aumentar a carga horária do inglês curricular e optar pelo ensino bilíngue?



A principal diferença pode ser identificada como o uso da língua, ou seja, ao invés de ter uma aula de inglês o aluno terá uma aula em inglês. Esta diferença vai além do fato do professor falar com os alunos em inglês. Ela passa pela escolha do material didático mais adequado (leia o post que fizemos sobre qual é o melhor material didático para propostas de educação bilíngue) e que irá substituir os tradicionais livros de inglês porque o grande diferencial é o que os alunos irão explorar, decifrar, descobrir, investigar e praticar na aula. Imagine o seguinte cenário: você é convidado a participar de dois eventos que acontecerão no mesmo dia e no mesmo horário e, infelizmente, poderá estar em apenas um deles. Em qual você gostaria de estar? O primeiro evento é sobre as descobertas mais recentes da ciência e você participará de grupos de exploração, fará experimentos e até construirá seu próprio protótipo robótico de última geração. O segundo evento é sobre “comparatives” e apresentará a lista de adjetivos que seguem a regra do +ER, os que seguem a do +IER e aqueles em que o “more... than” deve ser utilizado e você poderá resolver 50 exercícios sobre o tema. Agora imagine como um aluno do Ensino Fundamental I, reagiria se você dissesse para ele: “Vamos ter uma aula sobre presente contínuo?”. E como seria a reação se o convite fosse: “Vocês descobrir do que são formados os planetas?”. Nesta última abordagem o aluno se sentirá instigado a descobrir algo novo ou mesmo a falar sobre o assunto, afinal ele já sabe algo a respeito do sistema solar. A interação dele com o professor e com os demais colegas de classe será feita em inglês, ele estará se comunicando no novo idioma, praticando e aprimorando a sua fluência enquanto aprende, revisita ou amplia um conteúdo de Ciências, por exemplo.

O ensino bilíngue será para os alunos uma possibilidade natural e lúdica de contato com o inglês, onde este idioma fascinante revelar-se-á como tal e de forma integrada, contextualizada, significativa. Para os pais é a tranquilidade de saber que muitas portas se abrirão para seus filhos tanto no universo do conhecimento quanto no das oportunidades. Para a escola é a certeza de garantir o melhor ensino e ampliar os horizontes da formação dos alunos.

Compartilhar nas redes sociais: